As família de Igrejas Evangélicas Acção Bíblica são fruto de um movimento de “despertamento espiritual” no País de Gales, Reino Unido, entre 1903 e 1906.

Na sequência da sua consagração e serviço, Hugh Edward Alexander muda-se para a Suíça (para casa de familiares) e onde desenvolve um trabalho extremamente abençoado que leva à fundação de um movimento de divulgação da esperança e salvação em Jesus Cristo. A esta Obra chamou-se Aliança Bíblica (mais tarde Acção Bíblica).

Mais tarde é criada a primeira escola bíblica, e marcado pelo grande empenho na distribuição e entrega das Escrituras, cria-se uma Sociedade Bíblica responsável pela impressão de bíblias e outros materiais para suportar a divulgação do Evangelho. Consequentemente, são abertas as “Casas da Bíblia”, onde estes materiais eram armazenados. Mais tarde são também abertas novas escolas bíblicas.

Só entre 1924 e 1940, face à enorme quantidade de novos convertidos, alunos das escolas bíblicas e missionários, surge a necessidade de uma estrutura de igreja para acolher aqueles que não se identificavam com o ensino de outras igrejas locais.

Grande parte dos missionários partem da Suíça (onde estava localizada a primeira escola bíblica) e a Acção Bíblica estende-se como actividade missionária à vizinha França, a Itália, à Espanha e a Portugal. No Continente Africano, sobretudo às nações de expressão francesa (zona equatorial ocidental). E na América do Sul, ao Brasil e Bolívia.

Hoje a família de igrejas da Acção Bíblica está representada na Suíça, França, Itália, Portugal, Costa do Marfim, Bolívia, Brasil e S. Tomé e Príncipe. 

O trabalho missionário da Acção Bíblica em Portugal tem início em Novembro de 1923, através do trabalho de Samuel Matthey.

Siga este link para ficar a conhecer a História da Acção Bíblica em Portugal, escrita aquando da celebração dos 75 anos de AB no Algarve.

Apesar de já não existir uma Casa da Bíblia em Portugal, esse trabalho continua na Europa, em África e na América do Sul.

Deixamos abaixo uma breve cronologia da nossa História, mas a página Hugh Alexander, dedicada à vida do homem que fundou o trabalho da Acção Bíblica, tem informação mais detalhada.


  • 1884. Nascimento, na Escócia, de Hugh Edward Alexander, fundador da Acção Bíblica. 
  • 1901. Conversão de H. E. Alexander.
  • 1904-1906. H.E. Alexander passa dois anos no Instituto Bíblico de Glasgow, na Escócia (Bible Training Institute). O reavivamento do País de Gales repercute-se em Glasgow e atinge H. E. Alexander. 
  • 1906-1913. H.E. Alexander mora com uma tia em Cologny, perto de Genebra. 
  • 1907. Primeiras campanhas de evangelização na França: Haute-Loire, Gard, País de Montbleliard. 
  • 1907-1911. Trabalho com crianças, reunindo até 500 crianças no “Salão Central” de Genebra. 
  • 1910. Começo dos cursos bíblicos na região do Lago Lemano. 
  • 1911. Primeira edição do hinário “Cânticos de Vitória” parcialmente traduzido das composições de Moody e Sanker. Os hinos compostos por H. E. Alexander são dinâmicos e populares. 
  • 1913. Começo de um reavivamento na Suíça francesa. Deus abençoa as campanhas de evangelização de H.E. Alexander. Em La Chaux de Fonds, reunião de 3000 pessoas; em Nêuchatel, evangelização durante várias semanas. 
  • 1914. Primeira edição da revista “Le Temoin” (A Testemunha), jornal da Aliança Bíblica
  • 1916. Publicação da brochura intitulada “Icabode” (foi-se a Glória de Israel, cf I Samuel 4:1-22) denunciando o liberalismo teológico. 
  • 1919. Abertura da Escola Bíblica de língua francesa, no Ried sob Bienne. O primeiro ano acolhe 12 alunos, o segundo 24; em 1924 já havia 64 alunos. Sucedem-se cinco cursos no Ried. Numerosos alunos estabelecem-se no estrangeiro, com a sua profissão, para ali testemunhar da sua fé. 
  • 1924. Detenção de H. E Alexander por algumas horas em decorrência de acusações difamatórias, mas logo as autoridades e a imprensa o libertam. 
  • 1925. Abertura da Casa da Bíblia de Paris (o comissário Peyron, do Exército da Salvação, tem a ideia de chamar “Casa da Bíblia” ao depósito de Bíblias). Antes da segunda guerra mundial Deus dá muitas oportunidades de difundir a Bíblia: 
  • Venda de 11.000 Bíblias na Exposição Colonial de Paris (1931). 
  • Venda de 4.500 Bíblias na Exposição Internacional (1937) e mais de 14.000 Bíblias nas grandes avenidas de Paris. 
  • Começo de um trabalho missionário na região de Lisboa e no Sul de Portugal. 
  • 1926. Decisão de construir uma escola bíblica em Cologny. Abertura da Casa da Bíblia na cidade de Genebra. 
  • 1928. Abertura da Escola Bíblica de Genebra no “Le Roc”, em Cologny, com 30 alunos para o sexto curso
  • Vários obreiros são mandados para diversos campos missionários: Itália, Jugoslávia, Espanha, Portugal, Norte da África, Egipto, Líbano, Índia, Ásia Central. Propagação das Santas Escrituras, pregação do Evangelho, estudos bíblicos e reuniões de oração. 
  • 1930. Fundação da “Milícia da Acção Bíblica”, hoje é a “Juventude da Acção Bíblica“, primeiro acampamento para adolescentes na França. 
  • 1932. Abertura de um depósito das Sagradas Escrituras no Brasil que se torna a Casa da Bíblia em 1938. 
  • 1932-1933. Abertura das Casas da Bíblia de Zurique, Génova, Casablanca e Orã. 
  • 1936. Compra da casa “des Echenaz” em Les Contamines, nos Alpes de Haute Savoie (França), para abrigar os acampamentos da juventude. 
  • 1940. Fundação da Sociedade Bíblica de Genebra. Começo da impressão e da edição das Sagradas Escrituras. 
  • 1941-1945. Propagação de 200.000 Bíblias na França, ocupada pelos exércitos nazis. Impressão da Bíblia Schlachter (em alemão). 
  • 1943. Compra do Berghaus em Isenfluh (nos Alpes suíços), para acampamentos de jovem e cursos bíblicos. 
  • 1944. Fundação dos Portadores de Armas (jovens de 18 a 25 anos) 
  • 1951. Mudança da livraria brasileira para o centro de São Paulo; ponto de partida para a fundação de várias Casas da Bíblia e igrejas no Brasil. 
  • 1954. Impressão da Bíblia italiana. 
  • 1957. Partida para a pátria celestial de Hugh Edward Alexander, com 73 anos. 
  • 1959. Começo do trabalho na Costa do Marfim. 
  • 1960. Trabalho missionário no Senegal (África) ate 1984. 
  • 1974. Compra e renovação de uma casa em Pradella/Schuls (na Suíça alemã), para acampamentos de jovens. 
  • 1960-1990. Desenvolvimento dos três ramos da Acção Bíblica: 
  • Actualmente a Acção Bíblica tem cerca de cinquenta igrejas: Suíça – França – Itália – Portugal – Costa do Marfim – Bolívia – Brasil – S. Tomé e Príncipe. 
  • Existem também Casas da Bíblia em 3 continentes: Europa – África – América do Sul.